Domingo, 9 de Março de 2008

EXORCISMO DE PESSOAS,CASAS,COMERCIOS E INDUSTRIAS

EXORCISMO DE PESSOAS, CASAS,COMERCIOS  E INDUSTRIAS
   
    MALDIÇÕES FAMILIARES

Muitas pessoas atribuem a sua falta de sorte a actos de macumba, bruxedos, feitiços, magias do livro de s.cipriano e invejas, o que acontece na verdade mas podem tambem ser vitimas, de maldições familiares.
 As maldições familiares não são mais do que acções do
compartimento mais escuro da magia realizadas contra uma pessoa e toda a sua família, as quais perduram por
mais ou menos cinco gerações.

Apesar de trazerem consigo muitos incómodos e poderem, inclusivamente, causar a morte, os feitiços dos
compartimentos mais escuros da magia cessam após um certo limite de tempo. As maldições são muito mais
maléficas, uma vez que afectam toda a família durante gerações, através da contaminação dos membros mais
directos da pessoa que foi amaldiçoada (filhos, netos, bisnetos, etc.).

O seu objectivo final é a dizimação de toda a família causando muito sofrimento. Pode ter acontecido que um seu
antepassado tenha sido amaldiçoado e esteja, agora, a maldição a reflectir-se na sua pessoa e na sua família.

EFEITOS DE UMA MALDIÇÃO NUMA FAMÍLIA
Falecimentos prematuros; mortes resultantes de tragédias ou por suicídio; múltiplas viuvezes - Esterilidade;
abortos sucessivos; doenças inexplicáveis - Prostituição; toxicodependência; alcoolismo; tendências suicidas,
depressões; alienações; loucura; esquizofrenia - Homicídio; detenções; problemas com a justiça - Divórcios
frequentes; insucessos no amor; solidões afectivas - Situações de insucesso escolar; profissional; negocial -
Sensação de estar continuamente a “dar um passo à frente e dois atrás” - Existência de adversários e inimigos
sem razão aparente; ...
Quais as razões que levam alguém a amaldiçoar uma família?
A vingança - O despeito - Os pactos com demónios
Como é possível saber se sofre de uma maldição familiar?
Analise a sua vida e vida dos seus familiares. Se possível recue no tempo. A resposta será SIM se encontrar 5 ou
mais dos sintomas acima descritos.
É possível remover uma maldição familiar?
Não é fácil, mas é possível. Haverá que ser realizado o  EXORCISMO SOLENE FEITO POR UM BISPO E 2 padres.
   
   

PRAGAS E MALDIÇÕES

"A palavra é dotada de poder para abençoar e amaldiçoar"

A língua é fonte de grandes bênçãos, mas pode também disseminar uma infinidade de males. Com a língua
lançamos pragas que não são mais do que espécies de maldições.
ESPÉCIES
As pragas e maldições podem ter carácter involuntário (fruto da nossa ignorância) ou voluntário (quando, numa
situação de raiva, ira, injustiça, revolta, etc., desejamos MESMO que algo de mal aconteça a alguém).
MALDIÇÕES INVOLUNTÁRIAS
Geralmente temos tendência para pensar que fomos amaldiçoados por alguém ou que nos rogaram uma praga.
Contudo, na maioria das vezes, auto-amaldiçoamo-nos de forma involuntária e recebemos na vida as consequência
pela libertação de palavras e expressões indevidas (ex: Sou um idiota -  não presto mesmo para nada - o meu
destino é sofrer - sou azarado - nasci para o fracasso - nunca vencerei, ...). Quanto ao nosso próximo, devemos ter
o cuidado de não proferir palavras menos edificantes, pois corremos o risco de o amaldiçoar.

É extremamente fácil praticar o acto da maldição contra os nossos filhos. Involuntariamente, é certo, pois os pais
(com raras excepções) apenas querem o melhor para eles. Mas os filhos, por serem cheios de energia e, em
muitos casos, desobedientes e teimosos, facilmente enervam os pais, que usam (sem disso terem consciência)
palavras e expressões de maldição.
MALDIÇÕES VOLUNTÁRIAS
A maldição voluntária ocorre quando é proferida intencionalmente, ou seja, quando desejamos que alguém que nos
feriu ou que, de algum modo, nos causou prejuízo moral, físico ou material, sofra "na pele" as consequências
dessa acção. Dependendo da intensidade da raiva, da entidade que invocamos para amaldiçoar e do facto da
pessoa em causa ter o "corpo aberto", a praga vai actuar. Pode demorar, mas vai atingir o alvo.

O problema é que quem lança uma praga ou maldição esquece ou não conhece ou ignora a chamada "Lei do
Retorno" e, também, vai ser atingido. Mais tarde ou mais cedo, mas vai. E em proporções muito maiores do que a
praga ou maldição que proferiu e atingiu o outro.
É possível remover uma praga ou maldição?
É possível. Haverá que ser executado o EXORCISMO e a protecção contra pragas e maldições para a vida futura.

ONDE SE REALIZAM EXORCISMOS EM PORTUGAL:
SEMINÁRIO DE SANTA FILOMENA 

TRAVESSA DE SANTO ANTÓNIO DA SÉ, 5 -LISBOA
TEL. 218880039


publicado por igrejacatolicaortodoxa às 14:11
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30


.posts recentes

. IGREJA CATOLICA ORTODOXA ...

. INFORMAÇÕES DE HORÁRIOS D...

. EXPLICAÇÃO SOBRE O EXORCI...

. EXORCISMO DE PESSOAS,CASA...

. O EXORCISMO QUE CURA A AL...

. OS SANTOS ANJOS

. A RESSURREIÇÃO DE CRISTO ...

. A RESSURREIÇÃO DE CRISTO ...

. A RESSURREIÇÃO DE CRISTO

. A VENERAÇÃO DAS SANTAS IM...

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds